Monday, September 21, 2009

Megalomania Pernambucana II e o bairrismo gaúcho

No poste anterior eu coloquei um texto da megalomania pernambucana, isto é, o quanto os pernanbucanos se acham e valorizam sua terra. Dando uma passeada no youtube eu encontrei um vídeo desse texto, na verdade, existe uma penca de vídeos sobre o tema. Entre tantos eu escolhi um para por aqui. A música de fundo do vídeo é o Hino de Pernambuco cantado por Alceu Valença, Domiguinhos e outro que eu não sei quem é, quem souber diz aí.
Vale a pena ver até o final. Abaixo do vídeo segue a letra do hino pernambucano.

Mudando do Nordeste pra o sul, do tempo bom (warm) na maior parte do para tempo frio (cold) ou quente (hot). De Pernambuco para o Rio grande do Sul... :D
Essa a semana passada foi a chamada semana farroupilha, onde se comemora a revolução farroupilha. E ontem, dia 20, foi o ápice das comemorações, sendo feriado estadual. Apesar de não ter acontecido aquilo que a revolução queria, a independência da região, os gaúchos se orgulham de ela ter ocorrido. Coisa que não é tão forte, por exemplo, entre os pernambucanos em relação as revoluções ocorridas no estado, tais como Guerra dos Mascates em 1710 (onde foi falado de República pela primeira vez no Brasil), Revolução Praieira em 1848 e a principal delas a Revolução Pernambucana em 1817. Todas com o objetivo de independência da região. O que não perdurou por muito tempo, infelizmente e felizmente. Para saber mais da historia de Pernambuco visite o site Memorial Pernambuco.

Eu fui num acapamento farroupilha para ver como era, no sábado 19. Foi legalzinho. Os gaúchos são bem bairristas, eles sabem o hino do estado, digo boa parte deles. Eles também sabem da história do estado, digamos mais do que a maioria das pessoas dos outros estados sabem da história dos seus estados. Isso é um problema de média hehehehehe. Se calcularmos a média das pessoas que sabem da história do seu estado os rio grandenses do sul (gaúchos) tem a maior média entre as dos outros estados do Brasil.

Por está nessa esfera de exaltação história, cultural e tudo mais desses estados, logo após ao hino de Pernambuco segue o hino do Rio Grande do Sul, o qual agora está fazendo parte da minha história. Com isso tudo acompanha minha gratidão por ter sido recebido tão bem por pessas tão boas. E fico feliz de está aqui. Aqui também é Brasil e isso me orgulha!

Vídeo Megalomania Pernambucana




Hino de Pernambuco

"Salve! Oh terra dos altos coqueiros!
De belezas soberbo estendal!
Nova Roma de bravos guerreiros
Pernambuco, imortal! Imortal!

Coração do Brasil! em teu seio
Corre o sangue de heróis - rubro veio
Que há de sempre o valor traduzir
És a fonte da vida e da história
Desse povo coberto de glória,
O primeiro, talvez, no porvir.

Esses montes e vales e rios,
Proclamando o valor de teus brios,
Reproduzem batalhas cruéis.
No presente és a guarda avançada,
Sentinela indormida e sagrada
Que defende da Pátria os lauréis.

Do futuro és a crença, a esperança,
Desse povo que altivo descansa
Como o atleta depois de lutar...
No passado o teu nome era um mito,
Era o sol a brilhar no infinito
Era a glória na terra a brilhar!

A República é filha de Olinda,
Alva estrela que fulge e não finda
De esplender com seus raios de luz.
Liberdade! Um teu filho proclama!
Dos escravos o peito se inflama
Ante o Sol dessa terra da Cruz!"

A letra foi escrita por Oscar Brandão e a música é de autoria de Nicolino Milano


Hino do Rio Grande do Sul

Como a aurora precursora
do farol da divindade,
foi o Vinte de Setembro
o precursor da liberdade.

Estribilho:
Mostremos valor, constância,
nesta ímpia e injusta guerra,
sirvam nossas façanhas
de modelo a toda terra.

Mas não basta pra ser livre
ser forte, aguerrido e bravo,
povo que não tem virtude
acaba por ser escravo.

Letra: Francisco Pinto da Fontoura (mais conhecido pela alcunha de Chiquinho da Vovó)
Música: Comendador Maestro Joaquim José de Mendanha
Harmonização: Antônio Corte Real

No comments: