Monday, June 21, 2010

Java Runtime no Ubuntu 10.04

Hoje (considere hoje ainda como sendo domingo. Eu comecei isso antes do fantástico.) eu decidi voltar a usar Linux (pelo menos tê-lo no computador. Não sei se vou deixar o Windows pra só usar o Linux. Mas vou ter os dois sistemas no computador). Eu há um bom tempo tinha instalado o Ubuntu 9.04, mas há uns dois ou três meses eu tive de instalar o windows novamente. Mas quando se reinstala o Windows se perde o GRUB - GRand Unified Bootloader, como o nome diz é um carregador de boot que vem por padrão no Ubuntu (em termos gerais o GRUB é um pacote do projeto GNU, que prolifera a ideia do software livre). O GRUB é perdido porque o windows rescreve seu bootloader como padrão na MBR (Master Boot Record), que são os primeiros 512 bytes do HD (disco rígido). Sem ter o GRUB para bootar o Ubuntu eu fiquei até hoje sem usar o Linux. Eu poderia evitar esse tempo todo, bastando apenas pegar o cd da última versão, por exemplo, e reinstalar por cima do versão antiga do Ubuntu, que com isso eu teria a versão atual e recuperaria o GRUB. Mas para seguir a filosofia de meu professor de Geometria Analítica e Álgebra Linear, o bom Adriano Pedrosa, eu deixei esse tempo todo a versão 9.04 para resolver o problema do GRUB por pelo menos uma vez na vida. A moral é que o professor Adriano sempre dizia para qualquer problema trabalhoso que tínhamos que resolvê-lo pelo menos uma vez na vida. Eu juro que tentei alguns procedimentos para recuperar o GRUB, mas depois de algumas tentativas sem sucesso eu deixei pra outra oportunidade e decidi instalar por cima a versão 10.04 do Ubuntu.

Sempre depois de instalar um sistema novo tem aquele ritual de instalação de plugins, drivers e programas. No Linux essas tarefas são diferentes e mais complicadas que no Windows (a ausência do "bem" em 'mais complica' é um eufemismo). Eu instalei alguns programas e alguns plugins. Mas precisava do Java Sem ele eu não consigo fazer muitas coisas importantes eheheh, como por exemplo uma aplicação que necessite de Java (que exemplo mais besta, ele não diz nada, ele é recursivo, não te julgar por estar achando assim. Entretanto, uma aplicação muito comum do Java são aqueles teclados numéricos que só conseguimos usá-los clicando nos números. O java também é muito solicitado para aplicações 3D). Eu fui, então, àquele que agora é o pai dos burros (porque o dicionário ficou pra vovô), o Google. Eu vou transcrever aqui a solução que eu encontrei para resolver o problema do Java na versão 10.04 do Ubuntu. Esse trabalho todo que estou tendo em escrever esse post talvez seja útil apenas pra mim, tendo em vista que precisarei dessa dica do Java num futuro não muito distante.

Na versão 10.04 veio por padrão no Synaptic (que é o gerenciador de pacotes do Ubuntu) o openjdk, para aplicações em Java, mas tem aplicações que não aceita esse pacote. Tem umas que teimam em funcionar apenas com o Java Runtime (da Sun), por exemplo o teclado virtual do "banco todo seu" (Banco do Brasil), que é a motivação do tópico que encontrei. Para o problema do Java tem duas soluções:

1. Para quem não ativou o openjdk, faça isso:

Vá em Sistema > Administração > Canais de Software.
Coloque sua senha de usuário padrão.
Na aba Outro software, marque os repositórios partner e partner (Código Fonte).
É que os pacotes de parceiros tem que ser marcados, para serem instalados.


Vá para o terminal (prompt de comando).

a) Instalar o java
comando:
sudo aptitude install sun-java6-bin sun-java6-fonts sun-java6-jre sun-java6-plugin sun-java6-jdk

(observação: instale todos! não instalando o jdk não funcionou para mim **)

b)
comando:
update-java-alternatives -l

O terminal irá imprimir algo parecido com isso:

java-6-openjdk 1061 /usr/lib/jvm/java-6-openjdk
java-6-sun 63 /usr/lib/jvm/java-6-sun

c)
Obs.: Caso o terminal imprima apenas a ultima linha
(java-6-sun 63 /usr/lib/jvm/java-6-sun, que foi o meu caso, já que eu não tinha ativado o openjdk), não há necessidade de executar o comando abaixo. Apenas reinicie o Firefox e aproveite! caso contrário, execute este comando:

comando: (**)
sudo update-java-alternatives -s java-6-sun


2. Para quem ativou o openjdk

Vá no Synaptic, procure por openjdk, marque para remoção completa, todos os pacotes "marcados" como openjdk que aparecem e todos os pacotes "marcados" como icedtea que aparecem na mesma janela.

(*) Após isso dê um reboot e instale o java da sun assim...
1) Vá em "Synaptic > Configuração > Repositórios > Outro software" e marque [V] http://archive.canonical.com/ubuntu lucid partner
2) Feche e clique em "Recarregar" na janela principal do Synaptic, em seguida feche o Synaptic.
3) Abra um terminal e rode esse comando para instalar o java da sun:
sudo aptitude install sun-java6-bin sun-java6-fonts sun-java6-jre sun-java6-plugin
4) De reboot

Abra o FireFox, vá em Ferramentas > Limpar histórico recente > Limpar este período: Tudo, em "Detalhes" marque todos...
Clique em Limpar agora.

Vá no site que lhe deu problema e tente de novo.

(Eu não testei a essa segunda opção)

Eu peguei esse passo a passo de: http://ubuntuforum-pt.org/index.php?topic=66725.0


Ainda falta algumas coisas pra resolver aqui no linux, dentre elas instalar o drive da placa de vídeo. Eu habilitei o drive que vem no Ubuntu (que não é proprietário), mas tive de desabilitar porque a conexão sem fio não funcionava. Depois eu vou instalar o drive disponibilizado pela nVidea e ver o que o dá.

Tenha paciência com o Linux e seja persistente.

No comments: